Notícias
► 06/dez/2018  |  Redação

93% das pessoas culpam as empresas por violações de dados, diz Gemalto

Dos 10,5 mil entrevistados de uma pesquisa feita em todo o mundo pela Gemalto sobre privacidade de dados, 93% culpam as empresas por violações de dados e pensam em agir contra elas. As mídia sociais são as que mais preocupam os consumidores, já que 61% afirmam que estas empresas não oferecem proteção adequada aos dados do consumidor, seguidas pelos sites de bancos (40%).

70% das pessoas acreditam que a maior parte da responsabilidade pela proteção de seus dados depende da empresa que os detém. E 66% acredita ser improvável que resolvam fazer compras ou negócios com uma empresa que sofreu violação e tenha exposto informações financeiras e confidencias. 62% não voltariam a sites varejistas, 59% a bancos e 58% sairiam das mídias sociais nas quais sofreu violação. Eles são os que mais correm risco de perder clientes segundo o estudo elaborado pela Gemalto.

Depois de escândalos de vazamento de dados – como os da Uber, do Facebook , por exemplo –, da aprovação da GDPR na Europa e da LGPD aqui no Brasil, as pessoas estão mais conscientes dos problemas quanto à privacidade de suas informações. Assim, a proteção de dados é algo importante para os consumidores na hora de interagir com uma marca, com 82% querendo que as empresas implementassem mais medidas de segurança para seu canal on-line. 91% dos usuários acreditam que os aplicativos e sites que utilizam representam um risco para a proteção e segurança de suas informações pessoais identificáveis.

Leia matéria completa no MobileTime.



João Moura, da TelComp, fala sobre competição nas telecomunicações

João Moura falou sobre o aumento da competição no mercado brasileiro de telecomunicações, em entrevista a Renato Cruz, editor do inova.jor.

TelComp - Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas
Av. Iraí, 438 - cj 44 a 47 | Moema | São Paulo | SP | CEP 04082-001 | Tel +55 (11) 5533-8399