TelComp Destaca
► 09/mar/2018  |  Redação

Anatel: após desistência, Telefônica não poderá renegociar ou pedir novo TAC

Bruno do Amaral – Teletime

Com o anúncio da decisão da Telefônica de não prosseguir com o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) nos termos que vinham sendo negociados, a Anatel soltou um comunicado à imprensa no início da noite desta sexta-feira, 9, reafirmando que cumprirá, “de modo estrito, as previsões legais e regulamentares em vigor”. Com isso, lembra que, de acordo com os termos do regulamento de celebração e acompanhamento do TAC, o prazo para negociações já estaria encerrado.

Assim, diz que não haveria uma renegociação do Termo – vale lembrar que a operadora falou em nota que “continua disposta a avançar nas discussões com a Anatel, porém envolvendo uma quantidade de multas significativamente menor e considerando uma readequação do projeto de investimento”. A agência diz ainda que a Telefônica não poderá pedir um novo TAC relativo aos processos abrangidos anteriormente, uma vez que o regulamento determina que a desistência exclui essa possibilidade.

Confira abaixo a nota da Anatel, na íntegra:

Considerando a decisão da direção da Telefônica Brasil S. A., conforme carta CT.LLACB n° 224/18, de 09 de março de 2018, de não prosseguir na finalização no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em discussão na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nas bases em que se encontra, a Anatel reafirma que cumprirá, de modo estrito, as previsões legais e regulamentares em vigor. Ressalta-se que nos termos do Regulamento de Celebração e Acompanhamento do TAC, aprovado pela Resolução nº 629, de 16 de dezembro de 2013, em seu art. 9º, parágrafo 1º e art. 38, inciso III, o prazo para negociações relativas ao TAC encontra-se exaurido, não cabendo, portanto renegociar novo TAC. Dispõe ainda o art. 10 do mesmo Regulamento que uma eventual desistência apresentada após a decisão de admissibilidade do TAC, o que já ocorreu, impedirá novo pedido de celebração de TAC, relativamente aos processos abrangidos no pleito de desistência.

Brasília, 9 de março de 2018
Agência Nacional de Telecomunicações



BNDES anuncia três linhas para financiar Internet das Coisas

Banco antecipou que fará chamada pública para projetos piloto com formação de consórcios, um fundo de venture capital e outro de investidor-anjo para pequenas empresas.

TelComp - Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas
Av. Iraí, 438 - cj 44 a 47 | Moema | São Paulo | SP | CEP 04082-001 | Tel +55 (11) 5533-8399