TelComp Destaca
► 13/maio/2021  |  Redação

Relatório de banda larga fixa 2020 da Anatel revela que em 3,5 mil municípios do País mercado é liderado pelas prestadoras de pequeno porte

O conjunto das Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs) de banda larga fixa alcançaram, no final de 2020, a liderança no volume de clientes atendidos em 3,47 mil cidades brasileiras. Dos 70,63 milhões de domicílios brasileiros, 48,68 milhões (68,9%) estavam em municípios atendidos por 12 ou mais prestadoras de banda larga fixa. Apesar desse avanço na competição do serviço, 1,94 milhão de residências (2,7%) eram atendidas por apenas duas prestadoras. As informações estão no Relatório do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) – Banda Larga Fixa (2º Semestre/2020), divulgado nesta terça-feira (11/5) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O Relatório da Anatel informa que o número de empresas prestadoras de banda larga fixa atingiu a marca de mais de 15,60 mil operadoras no País e mais de 80% dos municípios com mais de 90% da população possuem atendimento de 5 ou mais empresas. Dessa forma, no final do ano passado, o HHI monitorado pela Anatel – índice que mede a concentração de mercado – atingiu o menor ponto da série histórica iniciada em 2011, abaixo de 0,15, o que indica um mercado altamente competitivo. O Relatório divulgado pela Agência reúne diversas informações sobre o mercado de banda larga fixa brasileiro, como dados de acesso, competição, tecnologia, qualidade e reclamações.

Velocidade e acessos – O Relatório aponta que a pandemia causada pela Covid-19 não afetou significativamente algumas das principais tendências do mercado de banda larga fixa, como velocidades contratadas e tecnologia utilizada. As conexões a partir de 34 Mega (Mbps) atingiram 21,39 milhões de domicílios em 2020 ante 13,41 milhões em 2019, conexões mais lentas tiveram redução.

Os acessos à banda larga fixa por fibra óptica saltaram de 10,22 milhões em 2019 para 17,04 milhões em 2020, ultrapassando o total de acessos por cabo (coaxial e metálico). O relatório informa que, em dezembro de 2020, a fibra óptica atingiu 79% dos municípios brasileiros, tornando-se a principal tecnologia de acesso à internet do País. No Distrito Federal, no Paraná, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina todos os municípios registram presença de fibra.

Qualidade – Do primeiro ao terceiro trimestre de 2020, o Relatório de Banda Larga Fixa da Anatel relata que houve uma melhora geral nos indicadores de qualidade e de atendimento. Em relação às reclamações recebidas pela Agência contra prestadoras do serviço de banda larga fixa, segundo o Relatório embora tenha sido registrado aumento em abril – provavelmente pela maior presença do consumidor em sua residência em virtude das medidas restritivas impostas pela pandemia –, essa situação se estabilizou e no final do ano a quantidade de reclamações encontrava-se em níveis próximos ao do período anterior ao início da pandemia. O mês de abril de 2020 foi o que registrou maior quantidade de reclamações, 74,2 mil queixas. Em dezembro esse número caiu para 53,3 mil.

 

Anatel



Juntos somos mais fortes

Juntos somos mais fortes! Trabalhando sob princípios justos e unindo nossas associadas em ações colaborativas essenciais, a TelComp tem criado diversas oportunidades de desenvolvimento unificado!

TelComp
TelComp - Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas
Av. Iraí, 438 - cj 44 a 47 | Moema | São Paulo | SP | CEP 04082-001 | Tel +55 (11) 5533-8399