Notícias
► 08/nov/2018  |  Redação

Banda larga fixa volta a crescer em setembro; ISPs são metade da base de fibra

Após um mês de agosto com queda, o mercado brasileiro de banda larga fixa voltou a crescer em setembro, segundo dados divulgados pela Anatel nesta quarta-feira, 7. A base somou um total de 30,727 milhões de contratos, um crescimento de 0,61% no mês, e de 9,09% no comparativo anual. Como já é de costume, o avanço se deu por conta do desempenho dos provedores regionais, que já representaram metade da base total de fibra no País. Além disso, o mercado continua a avançar nas velocidades mais altas.

Os ISPs haviam reduzido o ritmo no mês anterior, mas em setembro voltaram a uma média de crescimento dos últimos meses. Foram 169,1 mil adições líquidas, um avanço de 2,97% no mês (enquanto no ano, o crescimento foi de 54,22%). A base dos provedores regionais, pelo menos de acordo com a Anatel, era de 5,866 milhões de acessos. Isso significa que, contrário do previsto anteriormente, esse mercado ainda não se tornou o terceiro maior na banda larga fixa em setembro, o que só deverá acontecer entre os levantamentos referentes a outubro e novembro.

Vale lembrar que, segundo levantamento próprio da Abrint com base em dados das pesquisas TIC (Domicílios, Empresas e Governos), esse mercado de companhias menores teria ao menos 11 milhões de acessos não contabilizados. Com isso, seriam cerca de 17 milhões de acessos no total, de longe o maior market-share de SCM no País.

Leia matéria completa no TeleTime.



João Moura, da TelComp, fala sobre competição nas telecomunicações

João Moura falou sobre o aumento da competição no mercado brasileiro de telecomunicações, em entrevista a Renato Cruz, editor do inova.jor.

TelComp - Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas
Av. Iraí, 438 - cj 44 a 47 | Moema | São Paulo | SP | CEP 04082-001 | Tel +55 (11) 5533-8399