É com grande entusiasmo que compartilhamos uma importante atualização em nossa equipe executiva. Desde janeiro de 2024, o Presidente Executivo, Luiz Henrique Barbosa, trabalha de Brasília. Essa mudança estratégica tem como objetivo central aproximar ainda mais a TelComp das discussões regulatórias frequentes que moldam o cenário das telecomunicações em nosso País.

Como sabemos, o setor de telecomunicações e tecnologia está sujeito a uma série de regulamentações e políticas que impactam diretamente o desenvolvimento do mercado. “Ao fortalecer a presença na capital federal, lembrando que desde janeiro de 2022 a Gerente Executiva Amanda Ferreira já atua em Brasília, estaremos mais próximos dos órgãos reguladores, Ministérios e do Congresso Nacional, bem como de suas Comissões, permitindo uma interação mais direta e eficaz em relação às discussões que moldam nosso ambiente regulatório e jurídico”, comenta Luiz Henrique.

Neste início de ano, há uma série de discussões cruciais em andamento que merecem a atenção da Associação e participação ativa. A Anatel está conduzindo o processo de revisão do Plano Geral de Metas da Competição (PGMC) e trabalhando no novo Regulamento de Uso de Espectro (RUE), ambos de extrema relevância para o futuro do setor e com Consultas Públicas abertas para contribuições até 11 de março. Além disso, o Congresso Nacional e o Executivo Federal estão debatendo os desdobramentos da Reforma Tributária, que certamente terá impactos significativos em nossa indústria.

Não podemos ignorar também os projetos em andamento pelo Poder Executivo, especialmente aqueles relacionados à conexão de escolas, liderados pelos Ministérios da Educação e das Comunicações, que representam uma oportunidade única de promover a inclusão digital e o acesso à educação em todo o País.

Como sempre, a TelComp permanece comprometida em representar os interesses das Operadoras Competitivas e contribuir ativamente para o avanço do setor de telecomunicações no Brasil. A mudança de nosso Presidente Executivo para Brasília é mais um passo nessa jornada, e estamos confiantes de que fortalecerá nossa capacidade de influenciar positivamente as políticas que moldam nosso setor.

Contamos com o apoio e a colaboração de todos os Associados nesse novo capítulo da nossa trajetória.